OAgregador
TV
Conteúdo original

Centro de Equoterapia Ceres retoma suas atividades

Um evento repleto de emoções, marcou o retorno dos atendimentos no Centro de Equoterapia Ceres, localizado dentro do IF Goiano Campus Ceres.
Publicado em 5 de abril de 2022
por Greg

Um evento repleto de emoções, marcou o retorno dos atendimentos no Centro de Equoterapia Ceres, localizado dentro do Instituto Federal Goiano Campus Ceres.

O CEC já estava passando por dificuldades anteriormente, e, em meados de 2019 quando a pandemia chegou, paralisou completamente seus atendimentos devido ao grande avanço da Covid no Brasil. Mas isso não abalou a equipe, principalmente a coordenadora do Centro Silvia Maria, que com muita dedicação e paciência fez o possível para que as atividades retornassem, pois sabia da quantidade de famílias que dependem desse tratamento.

Cerimônia de reabertura do Centro de Equoterapia Ceres
Cerimônia de reabertura do Centro de Equoterapia Ceres. (Foto: OAgregador)

Segundo o Diretor do IF Goiano Campus Ceres, Cleiton Mateus, em seu auge, o setor chegou a atender quase 100 famílias por semana, e, entre essas e outras, se tornou o centro de equoterapia com maior atividade de fluxo contínuo, inclusive recebendo menção em destaque no site do Ministério da Educação como referência na área.

“A Equoterapia na vida da minha mãe, foi algo assim […] nem sei descrever, não tenho palavras pra descrever o quanto foi importante na vida da minha mãe e na vida de muitos outros praticantes…”

Isadora Ferreira – Filha de Praticante

Em seu depoimento, Isadora conta o quão eficaz foram os tratamentos em Equoterapia na sua vida e na vida da sua mãe, que sofria com falta de equilíbrio, não conseguia andar direito e a partir das sessões isso mudou completamente, tanto que ela se deslumbrava com a quantidade de efeitos benéficos que a terapia com cavalo poderia trazer, inclusive, melhorando a autoestima e a confiança de sua mãe.

Entre os depoimentos, destacou-se também o testemunho de uma mãe. A senhora Simone de Oliveira conta que seu filho, aos 5 anos foi diagnosticado com TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), e com isso tinha dificuldades cognitivas e de integração na sociedade. Porém, mesmo com o acompanhamento realizado pelos profissionais do CER (Centro de Reabilitação de Ceres), os resultados não era dos melhores, ainda.

“A gente não sabia o que acontecia aqui na Equoterapia. Ele chegava tão diferente que a gente falava assim: – O que é que tem nessa equoterapia que ele chega transformado…”

Simone de Oliveira – Mãe de praticante

Após começar o tratamento no Centro de Equoterapia Ceres, Simone, visivelmente emocionada diz que em questão de meses, seu filho tinha se tornado uma pessoa completamente diferente, e que, mesmo após concluir os atendimentos do seu filho, ela teve que adquirir um cavalo devido à falta que os atendimentos o faziam.

Equipe de profissionais do Centro de Equoterapia Ceres
Equipe de profissionais do Centro de Equoterapia Ceres. (Foto: OAgregador)

Entre outros depoimentos, se destacou também e fala de Pamela Bernardes, mãe de autista, traz que “só entende o autismo quem sente com o coração” e destaca o trabalho excelente e repleto de sentimentos que os profissionais da equoterapia realizam. O filho de Pamela, foi praticante da equoterapia durante 3 anos, e isso foi de fundamental importância no seu desenvolvimento. Entre suas falas, ela também relembra que 02 de Abril é o Dia Mundial da Conscientização ao Autismo, e frisa que é mais fácil a sociedade ter convívio com autistas hoje, do que há 10 anos devido à quantidade de informação difundida sobre o assunto.

O Centro de Equoterapia Ceres

Nascido em 2005 por intermédio do Professor André e do empenho do então diretor na época Wellington Passarinho (in memorian), o CEC tem 17 anos de história somando milhares de atendimentos realizados.

O programa visa atender pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais da cidade de Ceres e do Vale de São Patrício. Atualmente, o Centro de Equoterapia possui uma estrutura física com picadeiro coberto, picadeiro aberto, recepção, sala de reuniões, selaria e trilha, onde são realizados atendimentos de pessoas com necessidades específicas.

É sabido que cada indivíduo, com deficiência e/ou com necessidades especiais, tem o seu “perfil”, o que o torna único. Isto evidencia a necessidade de formular programas individualizados, que levem em consideração as demandas daquele indivíduo, naquela determinada fase de seu processo evolutivo. A equoterapia é aplicada por intermédio de programas individualizados organizados de acordo com: ­as necessidades e potencialidades do praticante; ­a finalidade do programa; ­os objetivos a serem alcançados, com duas ênfases: a primeira, com intenções especificamente terapêuticas, utilizando técnicas que visem, principalmente, à reabilitação física e/ou mental; a segunda, com fins educacionais e/ou sociais, com a aplicação de técnicas pedagógicas aliadas às terapêuticas, visando à integração ou reintegração sócio-familiar.

Silvia conta que os atendimentos no CEC estão retornando gradualmente e que no momento existem 100 vagas disponíveis para praticantes. Relembra também que a procura é grande e que nem sempre conseguem atender a todos, e pede paciência no processo de seleção e triagem.

Ao final, Silvia, coordenadora do Centro de Equoterapia Ceres se emociona ao dizer o quão forte é essa retomada após 2 anos de incertezas.

Pix Solidário

Atualmente, o Centro lançou uma campanha de Pix Solidário em parceria com o Pash – Plano Assistencial em Saúde Holística e o Instituto Ubuntu, para que a sociedade possa auxiliar na retomada dos atendimentos e na compra de novos equipamentos para o setor, visto que os recursos destinados à sua manutenção, não suprem sua demanda, e, que após mais de dois anos em desuso, boa parte dos equipamentos estão defasados e inutilizados.

Clique na imagem abaixo e saiba como doar:

Ajude o Centro de Equoterapia Ceres

Os comentários do OAgregador ainda não estão disponíveis. Nossa equipe esta trabalhando para desenvolver um sistema de comentários seguro e anti-robôs para evitar ataques em massa.

Para implementar o rodízio de abastecimento transitório, a Saneago utilizou o esquema de macrozonas
No dia 02 de Novembro de 2019, a cidade de Ceres recebeu uma visita ilustre. O poeta e compositor Renan Inquérito esteve na cidade a pedido do Instituto Ubuntu.
A exposição contemplou jovens artistas da cidade de Itapuranga.

Ao decidir navegar pela Rede OAgregador, você confirma que leu e concorda com a nossa Política de Privacidade.

cropped-oa-icon.png

Não perca
nenhum conteúdo

Siga a rede OAgregador na sua rede social favorita e seja alertado sobre novos conteúdos para você:

cropped-oa-icon.png

Não perca
nenhum conteúdo

Siga a rede OAgregador na sua rede social favorita e seja alertado sobre novos conteúdos para você: