Marca do OAgregador
Início
Search

Rádio OA

Pode conter a opinião do autor
Conteúdo original

Renan Inquérito: O Hip Hop como ferramenta de transformação na educação

Rapper, poeta e também professor, enfatiza a importância da educação como uma poderosa arma de transformação
Publicado em 15 de março de 2024
por Thátilla Vanessa
Renan de blusão verde com megafone na mão no palco da UEG de Ceres de frente para alunos do ensino médio
Renan Inquérito em evento na UEG de Ceres (Foto: O Agregador)

Renan Inquérito, nascido em 20 de abril de 1984 na favela do Flamengo, em São Paulo, é um exemplo vivo do impacto positivo que o Hip Hop pode ter na vida de uma criança. Desde cedo, Renan teve contato com o Hip Hop e a poesia, utilizando sua habilidade com as palavras para expressar suas ideias e sentimentos.

Aos 6 anos, usou a facilidade com as letras para se desculpar de uma travessura na escola. Surgiu aí a primeira poesia de quem não pararia mais de escrever e enxergar no cotidiano o combustível para a arte. Aos 14 anos, Renan Inquérito mudou-se para Londrina (PR), onde se tornou DJ de uma rádio comunitária e de um grupo de rap. Mudou-se para a região metropolitana de Campinas (SP) e por querer escrever as próprias letras, em 1999, criou o Inquérito, um dos principais grupos de rap do Brasil.

Renan é a própria arte e prova que o Hip Hop muda a vida de uma criança e está longe de ser marginal, no sentido criminoso da palavra. Uma vez que periferia não significa matar e destruir a vida das crianças, quem fala de favela de forma marginalizada com a intenção de criminalizá-la, nunca sequer pisou numa comunidade para entender o cotidiano de um favelado.

Renan inquérito esteve no dia 07 de dezembro de 2021 pela segunda vez em Ceres-Go a convite do Instituto Ubuntu – Desenvolvimento Humano em parceria com a Fundação Henrique Gabriel dos Santos, apresentando o espetáculo Parada Poética que é mais um dos seus projetos, que faz essa fusão do Hip Hop com a educação, em sua vinda a Ceres Renan se apresentou para mais de 100 crianças e adolescentes do auditório da UEG.

Veja agora: Renan Inquérito em Ceres

Renan em uma entrevista conosco diz que o Hip Hop vai muito além dos estereótipos frequentemente associados a ele. Para ele esta cultura é uma ferramenta de resgate da identidade e de valorização das raízes, especialmente para aqueles que vivem em comunidades periféricas, a margem da sociedade elitizada, por isso, marginalizadas. Seu idealismo visionário o levou a criar o projeto ABRAKBÇA, com o intuito de resgatar elementos esquecidos da infância e promover o desenvolvimento criativo e artístico das crianças.

No projeto ABRAKBÇA, Renan demonstra sua visão de investir na base da sociedade: as crianças. Afinal as crianças são nossos futuros adultos. Ele acredita que os elementos do Hip Hop, como a dança, a música e a pintura, estão naturalmente presentes na infância e podem ser resgatados e valorizados ao longo da educação. E por esse motivo ele criou um personagem o Super Hip-Hop, um MC mágico, uma forma divertida de se integrar e interagir com as crianças.

O rapper, poeta e também professor, enfatiza a importância da educação como uma poderosa arma de transformação. Para Renan, todo professor é um MC, conduzindo uma cerimônia de aprendizado onde os alunos são a plateia sedenta por conhecimento e mudança. Ele destaca a conexão intrínseca entre o Hip Hop e a educação, lembrando que a primeira festa do gênero, em 1973 com DJ Kool Herc, tinha o objetivo de arrecadar materiais escolares para sua irmãzinha, diz Renan em suas falas.

Renan Inquérito demonstra em suas músicas, como no álbum “Corpo e Alma” que esse ano completa 10 anos de lançamento, em parceria com a rapper Emicida, como o Hip Hop pode influenciar positivamente até mesmo aqueles que enfrentam dificuldades na escrita. Em uma de suas letras, ele destaca: “Os moleques num escreve, só que mete as caneta, analfabeto que faz gol de letra”, ressaltando a capacidade transformadora e inclusiva do Hip Hop na educação.

Leia agora: A influência do Hip Hop na Educação: Cultivando o Movimento de Si Mesmo

Renan é um exemplo inspirador de como a arte e a cultura podem ser aliadas poderosas na promoção da educação e na construção de um futuro mais igualitário e criativo para as novas gerações. Sua trajetória e suas palavras ecoam como um convite à reflexão e à ação, mostrando que o Hip Hop é muito mais do que música – é uma voz de resistência, esperança e transformação na educação e na sociedade como um todo.

Renan de blusão verde com megafone na mão no palco da UEG de Ceres
Renan Inquérito em evento na UEG de Ceres (Foto: O Agregador)

Thátilla Vanessa, também conhecida pelo nome artístico de Ninfa Azul é maranhense, artista plástica, professora de artes, terapeuta em ventosaterapia, gestora de recursos humanos e acadêmica do curso de Pedagogia pela PUC Goiás.

Assista agora: Documentário: Renan Inquérito em Ceres

Ficha Técnica

Editor Chefe: Luiz Fernando
Supervisão: Rafaela Prado
Redação: Kássio Kran

(Foto em destaque publicada com respeito ao Direito de Imagem)

Os comentários do OAgregador ainda não estão disponíveis. Nossa equipe esta trabalhando para desenvolver um sistema de comentários seguro.

Realizamos este evento com o objetivo de fortalecer essa instituição que já existe a mais de 80 anos e é tão importante para o munícipio.
Após um hiato de uma década, o Ministério da Cultura (MinC) realizou entre os dias 4 e 8 de março de 2024 a 4ª Conferência Nacional de Cultura (CNC), com o tema: Democracia e Direito a Cultura

Ao decidir navegar pela Rede OAgregador, você confirma que leu e concorda com a nossa Política de Privacidade.

cropped-oa-icon.png

Não perca
nenhum conteúdo

Siga a rede OAgregador na sua rede social favorita e seja alertado sobre novos conteúdos para você:

cropped-oa-icon.png

Não perca
nenhum conteúdo

Siga a rede OAgregador na sua rede social favorita e seja alertado sobre novos conteúdos para você: