Marca do OAgregador
Início
Search

Rádio OA

Conteúdo original

Copa do Brasil: Participação dos times goianos na história

Criada em 1989 contou até aqui com 16 clubes goianos sendo que apenas metade desse número conseguiu sagrar ao menos uma vitória.
Publicado em 28 de fevereiro de 2024
por Kássio Kran
Taça da Copa do Brasil (Foto: Auváro Maia)

A Copa do Brasil 2024 já começou e com ela o sonho de um título nacional para clubes menores, neste ano que inicia um novo formato em que o ranking da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não é mais o critério utilizado para o selecionado e sim a classificação nos campeonatos estaduais bem como possibilidades advindas de outras disputas, como a Copa Verde por exemplo.

Leia agora: Goianão 2024: Perfil dos treinadores em busca do título

Criada em 1989 copiando formatos europeus, contou até aqui com 16 clubes goianos sendo que apenas metade desse número conseguiu sagrar ao menos uma vitória, com o último primeiro triunfo conquistado na rodada de abertura deste ano pelo Anápolis contra a Tombense – MG no Jonas Duarte, nesta que é a segunda participação do galo anapolino, eliminado em 2017 pelo Bragantino em um empate sem gols, portanto a equipe tem trajetória invicta na competição.

Outros times anapolinos também fizeram história. O Grêmio disputou uma única vez e não fez sucesso, ao contrário da Xata que tem toda uma história com esse campeonato. Entre 2001 e 2015 a Rubra esteve em 4 edições, mas não venceu nenhuma vez, tendo empatado com o Vitória em sua última participação. Outra equipe goiana que também disputou a Copa do Brasil por 4 vezes foi a Aparecidense, contando com temporada atual.

O Goianésia, representante do Vale do São Patrício disputou por 3 edições entre 2014 e 2021, porém sem sucesso. O tradicional CRAC, único bi campeão do interior disputou apenas duas copas, seguido por Goiatuba, Itumbiara, Santa Helena, Mineiros, Novo Horizonte e Jaraguá, representando também o Vale do São Patrício. Destes apenas o Mineiros conseguiu a proeza de passar de fase. Dos times da capital, o Goiânia possui duas participações apenas, comparado aos demais. O Atlético teve até aqui 18 oportunidades, uma a menos que o Vila. Já o Goiás esteve em 32 chances, sendo o responsável pela melhor campanha de um goiano, vice campeão há 34 anos atrás, que teve o Flamengo campeão.

Leia agora: Flamengo goleia Ceres em categoria master

Kássio Kran é psicólogo, palestrante e terapeuta, fundador do Instituto Ubuntu

Ficha Técnica

Editor Chefe: Luiz Fernando

Os comentários do OAgregador ainda não estão disponíveis. Nossa equipe esta trabalhando para desenvolver um sistema de comentários seguro.

As definições das pré candidaturas a uma cadeira na Alego estão se definindo a passos lentos. No caso de Ceres, pelo que parece, há pouca movimentação.
Para o psiquiatra forense Guido Palomba existe uma forte conexão entre a psicopatia e a prática de maus tratos aos animais.
Se gestores não conseguem prevenir e tratar de dengue, irão conseguir oferecer algum outro serviço de Saúde com qualidade?

Ao decidir navegar pela Rede OAgregador, você confirma que leu e concorda com a nossa Política de Privacidade.

cropped-oa-icon.png

Não perca
nenhum conteúdo

Siga a rede OAgregador na sua rede social favorita e seja alertado sobre novos conteúdos para você:

cropped-oa-icon.png

Não perca
nenhum conteúdo

Siga a rede OAgregador na sua rede social favorita e seja alertado sobre novos conteúdos para você: